Coaching e Mindset

Mas, o que é “mindset”?

Mindset, apesar de ser uma palavra muito utilizada atualmente, merece ser explicada, pois nem todos são obrigados a saber o que é. Eu mesma só vim a conhece-la quando entrei para esta área do autodesenvolvimento e autoconhecimento, há alguns anos.

A sua tradução literal é “mentalidade”. Podemos descrevê-lo como “a mentalidade que cada um de nós tem em relação à vida”. Essa mentalidade implica no conjunto de atitudes mentais que cada um tem que influencia direta ou indiretamente nossas escolhas, atitudes, comportamentos e pensamentos.

Essa “mentalidade” ou “mindset” pode ser a chave para você alcançar o sucesso tão desejado, ou não.

A ideia de obtermos sucesso por meio do nosso mindset vem de uma filosofia desenvolvida pela psicóloga Carol S. Dweck, que atualmente é reconhecida internacionalmente pelos seus esforços nesta área do conhecimento. A estudiosa e professora de psicologia da Universidade de Stanford nos Estados Unidos, explica que nosso mindset mostra o nosso modo otimista ou pessimista de enxergar diversas situações da vida e de como se portar diante delas.

Essa pesquisadora diz que existem pessoas de mentalidades fixas e outras de mentalidades progressivas. A pessoa de mentalidade fixa é a que possui a Síndrome de Gabriela:

“Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim….”

São aquelas pessoas (espero que você não seja uma delas) que acham que não precisam mudar seu “mindset”, não precisam se adaptar aos tempos e lugares ou situações que não lhe agradam. As pessoas que se recusam a modificar seus padrões e comportamentos podem cair em uma zona de conforto, perdendo diversas oportunidades e desgastando seus relacionamentos.

As pessoas de mentalidade progressiva são aquelas que buscam vencer suas limitações e aprimorar seus conhecimentos diariamente. São as destinadas ao sucesso.

E onde entra o coaching, nesta história de “mindset”?

Como já falei algumas vezes, o coaching é a arte de fazer perguntas. E não são quaisquer perguntas. São perguntas poderosas, que levam o coachee a encontrar respostas dentro de si – não existe nada lá fora, está tudo aqui dentro – a sair de sua zona de conforto.

Um processo de coaching possui ferramentas que o ajudarão a mudar sua atitude mental, mudando assim seus comportamentos e seus resultados. Carol S. Dweck afirma que o mindset não é apenas um traço da personalidade e sim uma atitude mental de como lidamos com a vida. Ela explica como o sucesso pode ser uma consequência dos nossos comportamentos em relação a diversas situações sejam elas profissionais ou pessoais.

O coaching possibilita, por meio de um bom coach, que você saia dessa estagnação e comece, passo a passo, a realizar mudanças. É um processo de transformação pessoal, por meio do autoconhecimento. A Síndrome de Gabriela está relacionada a uma forte resistência ao novo e à dificuldade em aceitar mudanças. Indivíduos que apresentam mentalidade fixa não conseguem enxergar que sua forma de ser e agir pode estar, na realidade, sabotando a si mesmo em diferentes esferas da vida. O principal gatilho que gera esse tipo de comportamento é o medo da mudança.

Se você deseja mudar seu mindset e ser aquela pessoa que você admira, o coaching pode te ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *