profissionais da saúde

Nós, da Canguru DH, temos uma preocupação especial com os profissionais da área da saúde, por conhecer a maioria das dores destes profissionais e ter um desejo imenso de cuidar de cada um deles.

Atuei como enfermeira por 35 anos, sendo a maior parte deles junto a doentes crônicos, suas famílias e a uma equipe multiprofissional. Por alguns períodos atuei como gestora e, portanto, administradora de conflitos entre as equipes.

Por este motivo acredito que conheço grande parte das dores destes profissionais, que tem que estar sempre atualizado, seguir inúmeras NRs e Resoluções, escalas malucas de trabalho, ter dois ou mais empregos, trabalhar quando todo mundo está de folga, deixar filhos e companheiro(a) em casa, gerando desentendimentos, sem falar de estar sempre com pessoas na pior fase de suas vidas – quando estão doentes e frágeis.

Fragilidades dos profissionais da saúde

Com isso, este profissional nunca pode estar frágil. Tem que ser sempre “o forte”. Sem contar que, por ser da “saúde”, todos (sua família, amigos e vizinhos) o procuram para resolver seus problemas – não só os de saúde.

Mas então, quem cuida destas pessoas? São mártires? São vítimas? De jeito nenhum. Todos fizeram esta escolha por algum motivo. Como gestora entrevistei inúmeras pessoas e sei que os motivos variam, menos um: o desejo de cuidar do outro.

Hoje, como psicanalista, entendo que mesmo este desejo tem motivos inconscientes. Mas este não é o assunto deste artigo. Se você o está lendo até aqui, é porque tem um desejo oculto de ser cuidado.

Cuidando de quem cuida – profissionais da saúde

Ao oferecer cursos de desenvolvimento humano, nós, da Canguru DH, entendemos que o único caminho da libertação, da verdadeira saúde, é a autocura.

Também entendemos que todos somos UM, portanto a cura de um, é a cura de todos. E como alcançar esta autocura? Tudo está dentro de nós. Uma das leis universais diz que o mundo é um espelho. A realidade reflete o que está dentro de cada um.

Portanto, ao mudarmos nosso interior, mudaremos esta realidade externa.

Está tudo dentro de você

E a Programação Neurolinguística nos ensina que todos os recursos para a mudança necessária está dentro de cada um de nós. Só não sabemos como acessá-los.

Bem, “se está tudo dentro de mim”, você pode estar se perguntando, porque preciso de cursos ou de algum outro tipo de ajuda?

Assim como acontece comigo, desde que me embrenhei por este caminho do autoconhecimento e autodesenvolvimento, precisamos de mentores que nos indiquem o caminho deste intrincado labirinto interno.

Existem inúmeras técnicas e ferramentas hoje em dia para isso. Fica até difícil saber o que escolher. Algumas pessoas ficam andando de curso em curso e não saem do lugar – nada muda.

Por que acho que podemos cuidar de você de forma diferente do que outros? Talvez por saber o que você está passando e por me dedicar incansavelmente, há 5 anos, a aprender a me curar. E cada vez que me curo, me potencializo para ajudar outros a se curarem.

E o que é cura?

Entendemos por cura um estado de equilíbrio energético, psíquico, emocional, espiritual e físico. É aprender a não julgar, não criticar, não reclamar. Ter um forte propósito de vida e viver por ele. É ser feliz independentemente da situação. É encontrar paz interior. É se conectar com sua essência, ao conectar-se consigo e com os outros. É estar na vibração da alegria.

Enfim, quero deixar um pensamento do filme O Gladiador: “Todos os homens morrem. Mas nem todos vivem. Alguns apenas sobrevivem”.

E você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *